Seja bem vindo!!!
-Entre,
-Tire os sapatos,
-Sente-se e fique à vontade.
-vou pôr uma música.
-Aceita um café?
- Gosta de livros?
- escolha um e vá folheando,
-volto já, com o café.
Alexandre Pedro
e-mail: alexandre.eells@gmail.com

Pesquisar no Cárcere do Ser

quarta-feira, 10 de outubro de 2012



De lírios 

Em teu jardim de lírios vejo coisas...*Esta publicação foi removida devido ao texto estar sendo integrado ao livro de estreia do autor, intitulado Flores do Ócio, e que será lançado em breve pela Giostri Editora. Mais informações: alexandre.eells@gmail.com
Agradeço muito a visita e o carinho dedicado.
Alexandre Pedro

3 comentários:

  1. Quanta coisa linda!
    Bjo!

    ResponderExcluir
  2. Delírios denotam segredos...
    Segredos instigam mentiras
    Acordes de um ego que se mostra em estar secreto
    Amores de passagem sem paragem
    Segredando louvores e dispensando acasos!!!!


    Alê-Crim! Meu caro amigo, que os lírios dos meus segredos sempre te encontrem!

    bjsMeus*
    CAtita

    ResponderExcluir
  3. Um poema sintético e delirante. Parabéns!
    Abraços, amigo.

    ResponderExcluir